D. Pedro IV

D. Pedro IV

Procure outros sítios curiosos


Search WWW Search passadocurioso.blogspot.com

domingo, abril 20, 2008

A PRIMEIRA GREVE

No artigo "Uma Campanha Alegre", Eça de Queirós relata a primeira greve do País. Aconteceu em 1871, em Oeiras,a greve dos tecelões da Fábrica de Lanifícios de Oeiras, que durou um mês e seis dias. A fábrica situava-se junto à foz da ribeira da Laje, tinha uma área de 1442 m2 e apresentava três edifícios distintos: teares mecânicos, arrecadação de lãs e drogas e teraes manuais.
Em 1864 empregava 60 operários, número que, em 1881, ascendia a 594
A Fábrica de Lanifícios foi visitada por suas Majestades o Rei D. Carlos e a Rainha D. Amélia e deu notoriedade a Oeiras.

1 comentário:

Ambrósio disse...

Foi trabalhador têxtil, tenho 77 anos, fiz os meus estudos numa das maiores fabricas têxteis do país. Efanor “ fabrica dos carrinhos” que na altura empregava 3.500 operários. Quando se criaram as Caixas Sindicais de Previdência, os Directores daquelas caixas verificaram que as folhas de abonos e outras, eram assinadas por impressões digitais. O Salazar mandou professoras dar aulas aos domingos nos refeitórios daquelas firmas a todos aqueles que não sabiam ler. Houve casos em que o aproveitamento chegou á 4ª classe, como foi o meu caso. A industria Têxtil apareceu em Portugal em 1850. As primeiras fábricas eram inglesas, francesas, espanholas etc. Os Técnicos e mestres eram estrangeiros. Aquelas empresas vieram para o nosso país porque a mão-de-obra aqui era quase gratuita. Uma parte destes “operários”eram crianças de 4 e 5 anos e que trabalhavam em horários de 15, 16, 18horas e mais diárias de trabalho.Porque teria acontecido aquela greve?Se gostares do meu comentário, eu vou trazer ao vosso blog curiosidades. Ambrósio Lopes Vaz- Matosinhos