D. Pedro IV

D. Pedro IV

Procure outros sítios curiosos


Search WWW Search passadocurioso.blogspot.com

quarta-feira, setembro 24, 2008

Queluz, 24 de Setembro de 1834

No Palácio da Real Quinta de Queluz, na mesma cama onde nasceu, D. Pedro I do Brasil/ D. Pedro IV de Portugal faleceu acometido de tuberculose aos 36 anos de idade. Foi sepultado no Panteão dos Braganças, na Igreja S. Vicente de Fora em Lisboa.
4.º filho (2.º filho varão e, por isso, 2.º na linha de sucessão) de D. João VI e de D. Carlota Joaquina, subiu ao trono por morte do seu irmão António Francisco de Assis de Bragança e Bourbon, Príncipe da Beira.
D. Pedro - o Rei-Soldado, por combater o irmão D. Miguel na Guerra Civil de 1832-34 ou O Rei-Imperador - era muito querido pela população brasileira.
Por isso, os seus apoiantes organizaram, no Rio de Janeiro, uma manifesteção de apoio ao herdeiro do trono. Organizaram uma festa, com fogueiras, luminárias e música para o receber no regresso de uma viagem a Minas Gerais. Acabaram por agredir os não apoiantes com garrafas. A esta agressão chamaram "Noite das Garrafadas".
Em 1972,nas comemorações do sesquicentenário (150.º) da sua morte, os seus restos mortais foram trasladados para o Brasil, que colocaram no Monumento à Independência. O seu coração foi deixado em testamento à Igreja da Lapa, na mui nobre e leal cidade do Porto

2 comentários:

Jofre de Lima Monteiro Alves disse...

Visito este blogue há muito tempo e até o tenho referenciado na minha pasta de favoritos, a fim de não perder a ligação. Penso que nunca comentei qualquer artigo. Faço-o hoje por causa de algumas imprecisões.

D. Pedro de Alcântara nunca foi quarto filho varão de el-rei D. João VI e da rainha D. Carlota Joaquina. Foi, isso sim, o segundo filho varão, sendo o quarto filho na ordem geral de nascimento, que são coisas distintas. D. Pedro de Alcântara nunca teve qualquer irmão chamado Francisco.

O irmão primogénito chamava-se D. António Pio, Príncipe da Beira. Este faleceu em 1801, por tal D. Pedro não sucedeu ao irmão por a morte daquele ter ocorrido 21 antes de D. Pedro ascender a qualquer dos tronos.

Aliás, D. Pedro de Alcântara foi coroado 1.º Imperador e Defensor Perpétuo do Império do Brasil (1822), não sucedendo, assim, a ninguém. Em Portugal sucedeu com ao seu pai D. João VI (1826). Até breve.

Queen Mother disse...

Antes de mais, obrigada por ser nosso visitante frequente.Efectivamente, D. Pedro IV foi o quarto filho do casal e o 2.º filho varão e, por isso, 2.º na linha de sucessão, sendo o primogénito D. António Francisco (a mesma pessoa que D. António Pio de Bragança), cuja morte permitiu a D. Pedro I/IV vir a ser o 1.º Imperador do Brasil/8.º Rei da Dinastia de Bragança.
Agradecemos o interesse demonstrado e esperamos poder continuar a contar com a sua colaboração.