D. Pedro IV

D. Pedro IV

Procure outros sítios curiosos


Search WWW Search passadocurioso.blogspot.com

quarta-feira, abril 12, 2006

Crucifixação e flagelação


A crucifixação era um castigo muito utilizado pelos romanos, na antiguidade.
Jesus Cristo parece ter sido uma das suas vítimas , por perturbar a ordem pública e política.
A Páscoa, no Cristianismo, celebra a ressurreição de Cristo, após a sua morte na cruz.

Antes da crucifixação, era uso praticar a flagelação para enfraquecer o condenado. As pontas do látego ( espécie de chicote com duas ou mais tiras em pele ) podiam ser de chumbo ou ossos de carneiro.Horácio diz, "sectum flageIlis. . . prae­conis ad fastidium - dilacerado pelos açoites. .. até enfas­tiar o carrasco".

As dores eram, certamente, horríveis. Aqui vai a explicação científica das reacções do corpo ao suplício:

"O crucificado acabava morrendo por asfixia. O peso do corpo, pendente dos braços esticados para cima, provocava cãibras terríveis que se espalhavam por todo o corpo. Cãibras que afectam os músculos que permitem a inspiração: os pulmões enchem-se de ar, mas não conseguem expirar. Com isso a oxigenação do sangue começa a entrar em colapso. O condenado podia recuperar a respiração durante algum tempo firmando-se nos pés para erguer o corpo. Os pés estavam amarrados ou pregados, e por isso não era possível apoiar-se sobre eles por muito tempo. Faltando o apoio, o corpo novamente pesava sobre os braços e recomeçava o sufocamento. Para interromper o ciclo e apressar a morte bastava quebrar as pernas do condenado."
Para saber mais:
http://www.psleo.com.br/b_paixao_cristo.htm

1 comentário:

çlkjhgfds disse...

Tá muito bem feito o trabalho, mas esta imagem está um bocado sangrenta, mas é real